domingo, 20 de julho de 2014

Igreja de São Julião




A primitiva igreja datada do século XIII ficou completamente destruída pelo terramoto de 1755, obrigando à sua total reedificação que só se iniciou em 1802 ficando concluída em 1810 com projecto do Arquitecto Reinaldo Manuel
De traço típico pombalino semelha-se em muito às Igrejas da Encarnação, São Nicolau, Sacramento e Mártires. 
 A Igreja de São Julião foi vendida em 1933, pela proprietária ,a Arquiconfraria do Santíssimo Sacramento ao Banco de Portugal para nela serem instalados vários serviços( serviu durante muito tempo como garagem e armazém de cofres antigos).Com a verba obtida a Arquiconfraria adquiriu o terreno onde viria a ser construída a Igreja de Nossa Senhora de Fátima, na Avenida de Berna,e para lá transferiu algum do espólio da antiga igreja,ali se conservando até aos nossos dias. As imagens do santos Julião e Basiliza foram entregues à Igreja de São Nicolau onde permanecem desde então
 Foi reabilitada recentemente, e nela vai funcionar o museu do dinheiro .Durante as obras foram postos a descoberto cerca de 30 metros da antiga muralha de Dom Dinis, que protegia a cidade .
















Nenhum comentário:

Postar um comentário